Logo COC Branco

Remédios São As Novas Válvulas De Escape

No livro “Daisy Jones and The Six” da autora Taylor Jenkins, é relatado que Daisy utiliza antidepressivos e remédios para dormir, ambos sem prescrição médica, de modo que tais medicamentos deixem de fazer efeito e tornem-se um vício. Na atualidade, esse tipo de situação tem se tornado cada vez mais comum, medicações virarem válvulas de escape para todo tipo de dor, consequentemente, o vício em remédios aumentou.

Nota-se, a princípio, o aumento de vendas de medicamentos, segundo uma pesquisa apresentada pelo Jornal Estadão, houve um aumento de 42% nas vendas de remédios em farmácias no decorrer dos últimos quatro anos. Com o fim de sentir-se bem de imediato, grande parte das pessoas busca o alívio nos remédios. Por exemplo, uma enxaqueca pode ser emocional ou cansaço da vista, para encontrar um alívio o choro pode ser uma solução, já que com ele grande tensão emocional diminui, ou até mesmo um cochilo pode resolvê-la. Porém, na maioria das vezes um analgésico é o escolhido, com o passar do tempo utiliza-o regularmente, mesmo quando não há vestígio de dor.

Outro fator existente são os problemas gerados pelo consumo excessivo e desnecessário de remédios. Além de poder levar o consumidor ao vício do alívio propiciado pela medicação, a utilização de certas medicações podem mascarar sintomas de doenças mais sérias. Por exemplo, o uso indevido de um remédio para dor de estômago pode mascarar uma apendicite que, se tratada corretamente, pode se agravar. Bem como o uso incorreto pode aumentar a resistência dos vírus e bactérias, diminuindo assim, a eficiência dos antibióticos.

Mediante o exposto, percebe-se que a sociedade busca um alívio imediato para suas dores, sendo elas físicas ou emocionais. Porém, o preço a ser pago para alcançar esse alívio pode vir a se tornar um grande perigo para o bem-estar do individuo, entretanto, mesmo ciente dos perigos, muitos buscam o apoio dos remédios. Na sociedade atual existem milhares de Daisy’s, que escondem suas dores atrás das pílulas.

Por Adrielle Ferreira

Equipe COC SJC

Equipe COC SJC

Conhecimento Orientando Conquistas

Gostou? Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Mais Recentes

Indivíduo Moldado

A partir do século XX, com o desenvolvimento da indústria farmacêutica tornou-se essencial e cotidiano a utilização de drogas sintetizadas em laboratório. Tal prática é

Leia mais